Experimentando a Argentina: Norte

Vinícolas e vinhedos em Cafayate

A maioria dos que vêm para o Cafayate geralmente ficam um curto período de tempo na região como parte de passeios que só permanecem algumas horas na cidade. Mas a partir do crescente desenvolvimento do negócio do vinho uma proposta de turismo mais sofisticada foi fortalecida. Isto inclui a instalação de hotéis e restaurantes gourmet nas vinículas. A sua visita é uma excelente oportunidade para desfrutar de propostas de hospedagem e gastronomia. Mas para isso você precisa ter um tempo para desfrutar, sem ficar correndo atrás do relógio.

Um excelente começo para aprender sobre a proposta de vinhos de Cafayate é visitar o Museu do Vinho. Lá você pode conhecer todo o processo de elaboração de vinhos(vinificação) na zona, suas características, e as condições climáticas. Tudo de maneira muito didática. Perto do museu têm uma vinoteca com muitas opções para levar algumas garrafas de vinho de lembrança ou de presente.

Há uma variedade de vinícolas que podem ser visitadas. No nosso caso, nós visitamos duas delas. A primeira foi Piatelli, uma opção tradicional da cidade. Podem fazer um tour com uma degustação na vinícola, e terminar o passeio com almoço no restaurante, que tem uma vista maravilhosa que dá sobre as vinhas e a paisagem da Quebrada. Nossa recomendação: as excelentes empanadas(pastéis) de queijo.

A segunda vinícola que visitamos foi a Finca Quara. Além da possibilidade de ter o prazer de uma degustação onde não faltou o vinho torrontés, pudemos dar um passeio por suas instalações, que incluem os vinhedos. Existem visitas guiadas todos os dias pela manhã e pela tarde, com uma duração de 30 minutos. Em conjunto com o desenvolvimento do negócio de vinhos em relação ao turismo, Quara está desenvolvendo um hotel e restaurante que estavam em processo de abertura no momento que escrevíamos esta postagem A vinícola tem um espaço onde você pode comprar vinhos.

O resumo do nosso passeio pelo Museu do Vinho, e pelas vinícolas Piatelli e Quara podem ser vistos neste vídeo.

“A informação fornecida pelos sites mencionados é de absoluta responsabilidade de seus editores. O Instituto Nacional de Promoção Turística não se responsabiliza pelos dados ali publicados”.

Voltar

Você também pode gostar

Comentários

Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade de seus autores e as consequências derivadas dos mesmos podem ser passíveis de sanções legais.